segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O MEU PRIMEIRO TRIATLO

Estava a rever umas fotos de albuns mais antigos e a reparar em como as pessoas mudam num curto espaço de tempo. Eis que dou de caras nas fotos do meu primeiro triatlo.
Tudo partiu do desafio do meu colega Raul e da minha vontade de experimentar esse desporto que na altura considerava quase sobre humano, reservado somente a super homens e mulheres que se chama Triatlo.
Acabei por me desiludir e apaixonar ao mesmo tempo :-). Afinal aquele desporto estava ao alcance de todos dos 8 aos 80 e veio alterar completamente a minha rotina diária, não minto nem exagero se disser que sou uma pessoa diferente desde que comecei a praticar Triatlo, descobri um novo estilo de vida onde o treino diário a alimentação e hábitos de vida mais saudáveis me deram um novo equilibrio emocional e passei a ver muitas coisas com outros olhos.
Mas vamos recuar até onde tudo começou, Abril  de 2008, ao fim de alguns anos de interregno ia disputar-se novamente um Triatlo em Alpiarça na Barragem dos Patudos e eu tinha decidido à cerca de um mês que queria experimentar essa "coisa" do Triatlo, praticava BTT ao fim de semana e já tinha feito umas Maratonas de BTT, fui para aí umas 5 vezes à piscina e consegui correr cerca de 20 minutos na passadeira, pensei está feito o Treino.
a Beatriz não aparece porque está a tirar a foto




no que me vim meter
  Assim foi, rumei a terras Ribatejanas com a familia para realizar o meu primeiro Triatlo, aquilo tudo era novidade para mim, deixar as sapatilhas no parque de transição arranjar um fato para ir nadar ( o fato da Tribord acho que atrapalhava mais que ajudava) .

este fato foi desenvolvido para me levar ao fundo da barragem
Quando cheguei à Barragem e vi até onde tinha de nadar confesso que achei uma violência, mas pensei para mim, se os outros conseguem tu também vais conseguir.
ena, tenho que nadar até lá ao fundo e voltar
Fui para dentro de água encostei-me a uma borda e ao som da buzina lá comecei a dar aos braços, digo bem dar aos braços porque acho que ao nivel da progressão praticamente não saia do mesmo lugar, fiz todo o percurso com a cabeça fora de água para tentar perceber o que se estava a passar ao meu lado (esqueçam lá isso da respiração, ali a única coisa que me interessava era sair vivo da água), e não é que ao fim de 15 m e 56 s , dei à costa são e salvo, ofegante e bastante hidratado :-),é certo, mas ainda inteiro.


isto faz-se melhor sentado
Agarrei na bicicleta e rumei à cidade de Santarém, foi a parte mais fácil depois lá me sentei no parque de transição para calçar as sapatilhas e levar o corpo até à meta, estava feito o primeiro dia do resto da minha vida.
quem é que disse que isto era só para super homens

5 comentários:

Mark Velhote disse...

Viva Sica,

Para primeira até nem foi nada mau!
É bom para os rookies ver que os IronMan também tiveram o seu primeiro triatlo!

Boas festas!
Mark

João Correia disse...

São estórias giras, estas, e ao mesmo tempo podem ajudar a desmontar ideias preconcebidas daqueles que desejem iniciar-se nesta coisa do "triatro". Fizeste bem em dar a reviver esse momento.
Abraço.

Sapo da Barragem disse...

Esqueceste-te de referir o cozido à Portuguesa regado por um belo tinto ao almoço.
Para mim também foi a minha estreia, se tu fizeste 15 min na natação, eu ainda hoje tou para saber como consegui sair lá de dentro, ehehehe.
Votos de um ano novo cheio de sucessos e continua com esse teu way-of-live que devia ser um exemplo para muita boa gentinha. Para mim é, podes ter a certeza.
Abraço forte camarada!!!

sica disse...

"WAY OF LIFE", andas muito internacional, um dias destes ainda te apanho a fumar :-), um forte abraço.

Triatleta disse...

Muito bom texto e totalamente inspirador para quem quer começar e está na dúvida.

Abraço.