terça-feira, 21 de julho de 2009

Um pequeno passo para o Homem, um grande salto para a humanidade



Há quarenta anos existia um sonho colectivo que movia a humanidade, em plena guerra fria os dois blocos investiam rios de dinheiro para mostrar a sua superioridade na descoberta do Universo.
Tanta coisa mudou em quarenta anos, mas o que me deixa triste é que muitas pessoas deixaram de sonhar, eu sei que existem mil razões para que isso aconteça, mas também sei que o sonho comanda as nossas vidas.
Apesar de ser uma tarefa árdua, tenho sempre presente as palavras sábias de Baden Powell, "todos nós devemos tentar deixar o Mundo um pouco melhor que quando cá chegámos" e até apontou um caminho a "boa acção diária", deixo-vos a história do Pelicano e do Colibri, para reflectirem sobre ela:

Um certo dia um pelicano, com seu grande bico, sentado num ramo de uma árvore, vê um colibri, com o seu biquinho minúsculo, muito atarefado de um lado para o outro da floresta. Aquela atitude inquietou o pelicano que interpelou o colibri e lhe perguntou:
- oh colibri, espera lá, que estás tu a fazer?
o colibri apressadamente respondeu:
- oh pelicano, não vez que um fogo deflagrou na floresta?
e o pelicano retorquiu:
- sim, mas e o que tu tens que ver com isso?
o colibri sempre batendo as asinhas respondeu:
- eu vou buscar água com o meu biquinho àquela ribeira e depois despejo-a em cima do fogo da floresta.
o pelicano soltou uma grande gargalhada de troça e acrescentou:
- olha lá tu achas que vais conseguir apagar o fogo? achas mesmo?
o colibri terminou a conversa, pois tinha um fogo para apagar, dizendo:
- não sei, mas ao menos faço a minha parte!

4 comentários:

Ciro disse...

Muito bom... se cada um fazer a sua parte, viveremos todos melhor.

Anónimo disse...

Está bem visto!

Mas até me assustas com essas citações, porque ainda não recuperei do trauma BCP... a citação ("...até apontou um caminho a "boa acção diária"), fez-me imediatamente lembrar o cabr...do corrector que me disse para comprar BCP que aquilo ia dar muito dinheiro, era a "boa acção do dia" a do BCP :)

Um abraço

miguel-duo-tri

sica disse...

Boa Miguel, mas neste caso o Baden Powell apesar de ter as mesmas iniciais do Banco de Portugal (BP), tenho-o como homem de bem ao contrário dos do Banco que estão mais preocupados em olhar para o seu beneficio pessoal e tu quando "ouviste o cab... do BCP", estavas precisamente a pensar no teu beneficio pessoal e o teu gestor de conta era uma gajo bestial.
Acho que tu, tal como eu padecemos de um mal Português pensamos que por vezes o caminho mais fácil é o melhor e quando as coisas dão para o torto arranjamos sempre um cab... em quem colocamos a culpa, pensa nisto que eu também tenho pensado muito.

Anónimo disse...

Tens toda a Razão!!! Vivemos numa sociedade em que caminhamos para um forte individualismo. No meu caso a actividade profissional acabou por me "formatar" de uma forma errada e por vezes errática. Quando defendemos os interesses da empresa, pensamos em satisfazer o cliente de forma a obter lucro, e isso acaba por condicionar a nossa abordagem, mesmo que mantenhamos uma ética impecável.

Por isso é que eu agora só tenho acções do Sport Lisboa e Benfica...dediquei-me só a causas nobres e humanitárias :)

Miguel-duo-tri